0

ONDA AZUL NA RAPOSA: Eudes Barros vira o jogo e lidera eleição

onda-azul

A ‘Onda Azul’ invadiu a cidade de Raposa. A carreata do candidato a prefeito Eudes Barros realizada no último domingo (25), contou com a participação de aproximadamente 8 mil pessoas que prestigiaram o ato político percorrendo as principais avenidas do município.

A carreata saiu do bairro Piramides até ao viva Raposa onde Eudes terminou proferindo um discurso na presença maciça de vereadores.

O evento mostrou o crescimento de Eudes Barros, candidato pelo PR na coligação ‘Unidos Por Uma Raposa Para Todos’, que tem como vice o professor Afonso. (Veja nas imagens abaixo)

Com apoio de toda a população Eudes encerrou a carreata falando que no seu governo vai “trabalhar por uma Raposa que todos sonham.”

O candidato da Raposa conta com o apoio do deputado estadual Josimar de Maranhãozinho.

0

Alunos da rede estadual de ensino realizam protesto na Avenida Principal em Raposa

whatsapp-image-2016-09-28-at-15-38-22-1 whatsapp-image-2016-09-28-at-15-38-22

Na manhã desta terça-feira (28), alunos da rede pública estadual do município de Raposa paralisaram o transito durante protesto na Avenida Principal, próximo ao Colégio Santo Antônio. Os manifestantes  reivindicaram melhorias na infra-estrutura das unidades de Cem José França de Sousa  e Joaquim Aroso (CEMA) que se encontram atualmente em péssimo estado de conservação.

Os alunos explicaram que as unidades onde estudam, se encontram em péssimas condições estruturais com banheiros quebrados, salas de aulas sem ventiladores e as que possuem os equipamentos se encontram quebrados, falta de professores em diversas disciplinas, entre outras problemáticas que acabam comprometendo o bom desempenho e aprendizado dos estudantes.

Diante desta situação, resolveram chamar a atenção das autoridades competentes através deste manifesto, que perdurou por cerca de uma hora e meia.

Um fato curioso que chamou a atenção de quem observava o manifesto, foi a ação da Policia Militar, acionada para por fim a manifestação. Logo após, realizarem a desobstrução da via, os PM claramente usando da autoridade resolveram recolher os telefones celulares dos curiosos que registram o momento, tudo por conta de que as imagens registraram a arbitrariedade dos PM ao utilizarem o gás de pimenta contra adolescentes estudantes, sem nenhuma negociação prévia para o fim pacífico do movimento, com as a partes sendo ouvidas.

 

0

Talita Laci, a candidata que se ausenta do debate público

cadeira-materiasA candidata a prefeita de Raposa,  Talita Laci (PCdoB), simplesmente não quer participar de entrevistas e expor seus pontos de vista aos eleitores Raposenses. A candidata fugiu de sabatina na TV Difusora. Ela se ausentou na manhã deste sábado (24),  sem justificativa de entrevista ao programa Resenha  que vai ao ar pela TV Difusora.

.Não é de hoje que Talita tem se ausentado de debates com os adversários , as fugas, segundo assessores próximos, são estratégia de campanha para não expor a incapacidade da filha do do ex-prefeito José Laci, que, devido a fragilidades de se expor ao público e das condenações que responde na justiça, tem evitado qualquer tipo de confronto publico.

0

Eleições em São Luís despertam interesse da mídia nacional…

Primeira disputa do pós-Sarney e da era Flávio Dino no Maranhão chama atenção também pela disputa em São Luís, protagonizada por jovens lideranças emergentes no cenário político da capital maranhense

Edivaldo, Wellington e Eliziane: jovens candidatos na era pós-Sarney

Edivaldo, Wellington e Eliziane: jovens candidatos na era pós-Sarney

Jornalistas dos principais jornais e revistas do país já começaram a desembarcar em São Luís para acompanhar as eleições na capital maranhense.

O que acham atenção na disputa em São Luís é o fato de ser o primeiro pleito na era pós-Sarney, e as primeiras eleições municipais com o Maranhão sob a gestão do governador Flávio Dino (PCdoB).

Jornais como Folha de S. Paulo, O Globo, Estadão; revistas como Veja, IstoÉ e emissoras de TV devem ficar na capital maranhense até o fim do primeiro turno.

Além da era pós-Sarney, o que chama atenção da mídia nacional é o fato de a eleição em São Luís reunir em sua plenitude jovens candidatos, a maioria abaixo dos 50 anos, disputando a prefeitura da principal cidade maranhense.

As produções jornalísticas a partir de São Luís devem ser registradas já nos próximos dias…

0

Raposa: Eudes Barros mostra força e prestígio em grande comício no bairro do Araçagy

img_20160910_2241019291

img_20160910_2203133621

Para Josimar, o nome de Eudes Barros é a melhor opção para a Raposa, pois ele tem compromisso, trabalho e honestidade, e por várias vezes já demonstrou isso.

“O Eudes já provou que, como vereador de sete mandatos, sabe trabalhar, sabe fazer, e vai fazer muito mais quando se eleger prefeito desta cidade, e esse dia está chegando. Portanto, meus amigos, não esqueçam, dia 02 de Outubro, é Eudes Barros 22”, disse um animado Josimar de Maranhãozinho.

eudes-comicio

Os candidatos a vereador da coligação “Unidos por uma Raposa para todos”, também participaram do grande ato de campanha, que, sem dúvida nenhum, foi um dos maiores e mais animados comícios que a cidade de Raposa já viu.

eudescomicio4

Emocionado, Eudes Barros agradeceu aos raposenses pelo apoio, e disse que retribuirá o carinho, administrando a cidade ao lado do povo, e que, por meio de uma visão inovadora de gestão pública, vai implantar seis Programas e Projetos que vão melhorar significativamente a qualidade de vida de toda a população de Raposa.

0

Raposa e mais 26 cidades do MA estão no ranking das mais eficientes do país, segundo Datafolha

dataLevantamento inédito feito pelo Datafolha, instituto de pesquisa do jornal Folha de São Paulo aponta o município de Raposa como um dos mais eficientes no Brasil quanto ao uso dos recursos públicos. Ou seja, ele faz mais com menos dinheiro. Raposa aparece na posição 603ª entre os 5.281 municípios, com a nota 0,532 numa escala de zero a um.

Na classificação que é excelente, foram levados em conta os indicadores de Educação (0,659), Saúde (0,538), Saneamento (0,434), Receita (0,062). Numa escala de 0 a 1, só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. No Maranhão, apenas 27 municípios atingiram esse índice. De todos os municípios situados na região Metropolitana, Raposa é o primeiro, superando, inclusive, os outros três municípios, até mesmo a capital, São Luís, que aparece apenas na 2.551ª colocação em categoria de municípios com “alguma eficiência”.

O prefeito Clodomir Santos (PMDB) afirmou que sua gestão desde o primeiro dia de mandato busca sempre fazer o melhor, proporcionando à população do município uma rede de serviços desde o administrativo até o que diretamente proporciona melhor condição de vida ao cidadão. “Esse ranking de um jornal respeitado no Brasil como é o jornal Folha de São Paulo e um instituto de pesquisa igual, como o DataFolha, é muito gratificante e vem reconhecer nossos quatro anos de trabalho e realizações”, afirmou.

Folha de Sao paulo 2

Clodomir, que não  é candidato à reeleição, destacou que o município tem hoje um quadro de secretários e servidores ajustado e cujo foco está voltado sempre para servir a comunidade, com as portas da prefeitura sempre abertas e equipes de trabalhos nas ruas e nos bairros. Para ele, estar nesse ranking é motivo de orgulho para toda a equipe e para a população também.

Abaixo, os 27 municípios classificados como eficientes:

Presidente Médici, Pindaré-Mirim, Trizidela do Vale, Pedreiras 442, Paraibano, João Lisboa, Raposa, Campestre do Maranhão, Timon, Governador Archer, Passagem Franca, Axixá, Lima Campos, Miranda do Norte, Davinópolis, Turilândia, Guimarães, Esperantinópolis, Bacabal, Jatobá, Mirinzal, São João dos Patos, Imperatriz, São José dos Basílios, Tufilândia, Cedral e Vitorino Freire.

Fonte: Folha de São Paulo

0

Raposa : Comerciante intimida funcionários a votar na candidata do PRB

ocileia 2Ao invés de seguir o que lei eleitoral manda, e partirem na busca pelo voto democraticamente, utilizando dos dispositivos legais, comerciante da cidade de Raposa tem agido de forma no mínimo imoral e autoritária, sem contar que é totalmente ilegal a maneira que até então que vem sendo adotada por tais “cabos eleitorais” da pré-candidata Ociléia Paraíba (PRB).

Funcionários que não quiseram se identificar, por razões obvias, contaram que estão sofrendo uma espécie de pressão oriunda de seus superiores para que na eleição que se aproxima,  suas opções nas urnas seja a candidata do PRB, pois seus patrões já determinaram isto. Chegando ao absurdo de os mesmos além de terem seus votos pessoais coagidos, ainda tem que baterem uma espécie de “metas de voto” junto a seus familiares, caso contrário, o caminho será a demissão.

Uma situação como esta, causa nojo e perplexidade, observa-se o nível do desrespeito a que as pessoas de bem estão sujeitas, já não bastassem as condições indignas a que esta parcela de trabalhadores e submetida, com uma série direitos trabalhistas negados, ainda tem agora que conviver sobre a ameaça política do “voto de cabestro”, tentando roubar um direito indispensável aos verdadeiros cidadãos, em uma prática arcaica onde os únicos beneficiados serão os seus patrões.

De modo, que diante da publicidade dos fatos, que o TRE apure, e possa resgatar a dignidade destes trabalhadores.

0

VÍDEO! Flávio Dino pega pressão de professoras por reajuste do piso

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), enfrentou protesto de professores da rede estadual de ensino, na manhã de hoje (29), em Açailândia.

Na cidade para acompanhar a inauguração de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), o comunista foi confrontado por duas docentes, na saída do evento.

Elas queriam do governador uma posição sobre o reajuste do piso salarial da categoria, definido em 11,36% pelo Ministério da Educação (MEC) no início do ano, mas ainda não garantido pelo Governo do Maranhão.

“Eu não posso fazer milagre”, defendeu-se o governador.

Ele tentou convencer as duas professoras a concordar com o não pagamento do reajuste do piso por que os trabalhadores da educação estão recebendo os salários em “todo mês”.

“Vocês estão recebendo o salário de vocês. Todo mês vocês recebem o salário de vocês. O reajuste não foi só vocês que não tiveram, gente. Ninguém no país teve. Ninguém no país, ninguém no país. Não teve. Os professores do Piauí  ganham menos do que os do Maranhão, entraram em greve para ter isonomia com os do Maranhão”, completou.

Segundo Dino, “não há dinheiro para pagar o reajuste”.

“O que eu tô explicando é que eu não tenho dinheiro. Esse que é o problema. Eu não tenho dinheiro para pagar o reajuste de vocês. É esse o problema, entendeu?”, disse.

Desde a semana passada o governo Flávio Dino tem enfrentado uma onda de protestos de professores contra o não pagamento do reajuste do piso salarial da categoria. Os trabalhadores – que se organizaram em torno do Movimento de Resistência dos Professores (MRP), porque não contam com apoio do Sinproesemma  – iniciaram o que batizaram de “operação tartaruga”, trabalhando apenas meio turno.

Na semana passada eles fizeram uma manifestação em frente à sede da categoria. Um novo protesto está marcado para a próxima quarta-feira (31), na Praça Deodoro, quando será convocada uma paralisação geral.

0

Fábio Câmara: “gente cuida de gente, independentemente de religião”

fabio

O candidato a prefeito de São Luís pelo PMDB, vereador Fábio Câmara, intensificou nesta semana agendas de campanha entre os evangélicos da capital. Segundo ele, nos últimos dias já houve reuniões com lideranças de denominações do Coroadinho, Parque Vitória, São Raimundo e Vila Luizão.

Ele diz que tem sido procurado por eleitores desiludidos com as propostas de campanha dos candidatos organicamente evangélicos, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), candidato à reeleição pela coligação “Pra seguir em frente”, e a deputada federal Eliziane Gama (PPS), da coligação “São Luís de verdade”.

“Uma coisa é falar, outra coisa é praticar. Vários evangélicos me procuraram, dizendo que não estão tendo essa atenção dos que se dizem homens e mulheres de Deus. Não estão tendo esse acolhimento e nós estamos tendo agendas fortes com o povo evangélico”, afirmou.

Católico praticante, como faz questão de ressaltar, Câmara acredita que a diferença de religião não deve ser um impeditivo para a atração do eleitorado.

“Eu sou um homem católico apostólico romano praticante. Mas efetivamente com Deus no coração e adepto da tese de que gente cuida de gente, independentemente de credo, de religião”, completou.

Estratégia – A ofensiva do peemedebista nessa camada do eleitorado tem uma razão de ser: a mais recente pesquisa Escutec/O Estado aponta que ele tem apenas 3,1% dos votos dos evangélicos ludovicenses. O desempenho só melhor que os de Cláudia Durans (PSTU) e de Valedny Barros (PSOL), da coligação “São Luís, o caminho é pela esquerda”.

Para conquistar o voto, o vereador tem a estratégia marcada pelo discurso. Defenderá durante a campanha que o prefeito, seja de que religião for, deve tratar dos interesses da cidade enquanto estiver investido no cargo de gestor municipal.

Para ele, questões religiosas devem ser relegadas ao plano pessoal, ao foro íntimo do cidadão que estiver à frente do Executivo Municipal.

“O prefeito de São Luís tem que ser laico, tem que entender que ele é o prefeito de uma cidade e não deve ter, o prefeito, uma religião. O cidadão pode ter sua religião, mas o prefeito, enquanto gestor, não deve ter religião, ele deve cuidar do povo da nossa cidade, independentemente de religião”, analisou.

0

Eudes Barros realiza visita na Vila Laci em Raposa

ma 2O candidato Eudes Barros (PR) e seu vice Profº Afonso (PMDB) estão esbanjando bastante otimismo com a boa receptividade que tiveram no bairro Vila Laci, durante a visita realizada na tarde desta terça-feira (23). Os dois candidatos, apoiados por um grupo de candidatos a vereadores, correligionários e lideranças políticas, entre eles, Félix Moreira (PEN), de forma simples e humilde, adentraram residências, comércios e etc e partiram sem medo para o corpo a corpo com os eleitores. Uma forma de ouvir as reivindicações e conversar cara a cara com o eleitor, pois uma boa conversa e um afago carinhoso terminam convencendo quem estava indeciso, ou até mesmo conseguindo sua adesão.

O candidato do PR, vem fazendo, inicialmente, uma campanha pé no chão, e pelo jeito os sinais dados pelo povo raposense são satisfatórios, com forte tendência de cada vez o trabalho dos republicanos se ampliar mais e mais. A razão deste pensamento é simples, o carisma e o bom relacionamento que Eudes Barros sempre teve com a população no dia a dia deverá fazer a diferença. Com o reforço para o ‘confronto’ direto com o eleitorado, o candidato a vice Profº Afonso, com largo serviço social prestado no município como educador, vem sendo uma peça fundamental nas visitações diárias.

Enquanto os discursos de palanques não se iniciam, Eudes Barros luta para chegar à prefeitura de Raposa de forma direta e objetiva, usando sua principal estratégia, que é o diálogo com a população.

ma 1materia 5 materia 6 materia 7 materia 8 materia 10